27/03/2012

O Código da Bíblia


Seria o Todo-Poderoso tão poderoso assim ao ponto de ser capaz de codificar suas próprias palavras? Muitos fazem esta pergunta quando tomam conhecimento do Código da Bíblia -mensagens codificadas na Torá (os 5 primeiros livros) e no restante do Antigo Testamento em formade matrizes sendo possível encontrá-las e esquadrinhá-las (horizontal, vertical e diagonal) com o uso de computadores. 

Descoberto pelo matemático judeu Dr.Eliyahu Rips e revelado nos livros "O Código da Bíblia" e "O Código da Bíblia II - Contagem Regressiva" ambos escritos pelo jornalista americano Michael Drosnin, o código tem alvoroçado o mundo. 


Isaac Newton já acreditava neste código e gastou metade da sua vida tentando descobri-lo mas sem um computador, que ainda não existia na época,era impossível


O cientista Albert Eisntein com a sua teoria da relatividade concluiu que "a distinção entre passado, presente e futuro é apenas uma ilusão, embora persistente". Para o Criador não há diferença entre o passado, o presente e o futuro pois Ele é o Alfa e o Omega, o Princípio e o Fim!


Mas uma questão é sempre feita quando se toma conhecimento do Código da Bíblia:
Se tudo épossível para Deus, seria Ele capaz de codificar no Antigo Testamento nomes de pessoas e eventos com suas respectivas datas?
A idéia sobre a magnitude, a capacidade e o poder de Deus está no coração de cada ser humano e quanto maior for a qualidade da sua fé maior é a tendência de crer que Ele é capaz de tudo
Afinal, o que será impossível para o Grande Matemático, Engenheiro e Arquiteto de todo o Universo? Mas nem todo que nele crê o acha tão poderoso assim...


Alguns dos fatos codificados Descobertos


Hoje existem softwares mais sofisticados do que os utilizados por Rips e Drosnin entre 1990 e 1995 e todos os fatos abaixo são encontrados por quem souber usá-los. 
Os melhores programas são o Code Finder: Millennium Edition da Research Systems (Windows 95 ao XP) e o Keys to the Bibleda Computronic Corp.(Windows 98 ao XP).
Quem desejar se aventurar na decodificação deve estar consciente de que não é fácil encontrar mensagens codificadas pois exige-se um pouco do conhecimento do hebraico antigo. A técnica está no uso das palavras corretas e na probabilidade delas aparecerem em uma matriz. Se uma mensagem aparece várias vezes não quer dizer que tenha sido codificada. Além disso, quanto mais precisão se deseja mais tempo se leva para se chegar a matriz final.São muitos assuntos, mas nem todos acontecem. 
O Código da Bíblia é muito complexo e intrigante. Aqui está apenas alguns dos fatos encontrados de centenas já pesquisados:


*Os nomes de 32 importantes sábios judeus codificados com as suas respectivas datas de nascimento e morte no livro de Gênesis. Esta é considerada a maior prova de todas:
A probabilidade de estar codificado é de 1 em 10 milhões!


*Datas e nomes dos envolvidos nas duas primeiras guerras mundiais.


*As datas de terremotos já ocorridos (como o da China em 1976) e outros que ainda poderão ocorrer na China, no Japão e em Los Angeles em 2010.


*O choque do cometa Shoemaker-Levy 9 com Júpiter em 1994 (antes de acontecer) e de outros possíveis cometas com a Terra em 2006, 2010 e 2012.


*A data de dois holocaustos atômicos: no Japão em 1945 e Jerusalém em 2006 (na verdade,5766). A mensagem "O código salvará" indica que a cidade escapará mas o restante de Israel poderá ser destruído conforme a profecia de Apocalipse 14.20.


*A Revolução Comunista na Rússia em 1917.


*A data do assassinato do presidente egípcio Anuar Sadat em um desfile militar e o nome do assassino: Chaled.


*A data do primeiro ataque de Saddam Hussein contra Israel (Tel Aviv) em 18 de janeiro de1991 (antes de acontecer).

O assassinato do 1° ministro israelense Ytzhak Rabin por Amir em 4 de novembro de 1995(antes de acontecer).


*Luta racial americana em 1861 e 2005. Pode estar relacionada ao repúdio aos muçulmanos americanos.


*Uma possível epidemia de Varíola em 2005. Alguns já acreditam que talvez seja a recente descoberta da "Gripe do Frango".


*Blasfêmia no templo do monte Moriá em Jerusalém em 2008.


*O presidente da Síria, Bashar Al Assad codificado com Guerra do Armagedon: "Armagedon, holocausto de Assad".


*Síria codificada com "Guerra Mundial" e com "Magogue". Isso indica algum envolvimento entre Síria e Rússia, possivelmente relacionado ao fornecimento de armas atômicas ou urânio.


*O nome Ariel (Ariel Sharon?) codificado com "Guerra Mundial", Jerusalém e "nono dia do penúltimo mês hebraico (9 de Av) é o dia da terceira" (ano?).


*A queda do governo de Saddam Hussein em 2003 com detalhes sobre a sua captura(pesquisada mediante um pedido do Pentágono!). 


No momento existem institutos de pesquisa que trabalham constantemente na busca de assuntos atuais codificados mas é extremamente difícil saber o futuro. O tema principal das pesquisas é a ameaça constante do terrorismo ao ponto do próprio Pentágono usar o Código da Bíblia para direcionar seus satélites espiões no Oriente Médio


Como o Código foi Descoberto


"Tu, porém, Daniel, encerra as palavras e sela o livro, até o tempo do fim ; muitos o
esquadrinharão, e o saber se multiplicará." - Daniel 12.4


No final do século XVIII, um sábio judeu, conhecido como Genius de Vilna, referindo-se à
Torá,os cinco primeiros livros da Bíblia, afirmou:
"A regra é que tudo o que foi, tudo o que é e tudo o que será, até o fim dos tempos, está incluído na Torá da primeira à última palavra. E não só num sentido geral, mas nos detalhes de cada espécie ede cada um individualmente, com detalhe dos detalhes de tudo o que lhe aconteceu desde o dia de seu nascimento até sua morte"(O Código da Bíblia, página 18). 


Na época da II Guerra Mundial um rabino da Tchecoslováquia chamado H.M.
Weissmandel, desejando encontrar códigos na Bíblia, começou a contar as letras hebraicas da Torá. No primeiro capítulo de Gênesis, notou que, pulando 50 letras e depois outras 50, e assim por diante, soletrava-se a palavra TORAH. 
Encontrou o mesmo nos outros 4 livros da Torá e percebendo que isto não era coincidência, decidiu escrever um pequeno livro, contando a sua descoberta.


Cinqüenta anos depois, o Dr. Eliahu Rips, um matemático de nome internacional, catedrático na Universidade de Jerusalém, ouviu através de um rabino, sobre esse livro, cuja única cópia encontrava-se na Biblioteca Nacional de Israel. Rips encontrou o livro, e comprovou o fato em sua própria Torá!Junto com os eruditos judeus Doron Witztum e Yoav Rosemberg criou um modelo matemático para análise de seqüências alfabéticas eqüidistantes em computador.


Assim conseguiu encontrar mensagens codificadas em todo o Antigo Testamento! Na primeira experiência, usaram nomes de uma lista de 32 importantes sábios judeus encontrada em uma revista hebraica. Além dos nomes também acharam as datas em que nasceram e morreram!
A probabilidade de encontrar esses dados codificados é de 1 em 10 milhões, ou seja, muito acimada utilizada na estatística! O ensaio matemático foi publicado no periódico científico
Statistical Science (Volume 9, Número. 3, de 1994, pp. 429-438) com o título "Equidistant Letter Sequences inthe Book of Genesis".
 


Depois de descobrir alguns eventos codificados na Torá, Rips conheceu o jornalista Michael Drosnin do jornal "Whashington Post" que, duvidando da veracidade do código, passou a investigá-lo em seu próprio computador descobrindo também uma série de fatos codificados já ocorridos e ainda por acontecer levando-o a escrever um dos livros mais vendidos do mundo no final do milênio.
Mais tarde, ao assistir ao choque do 2° avião contra o World Trade Center, encontrou o acidente em detalhes na Torá decidindo então continuar suas pesquisas e escrever o 2° livro, "O Código daBíblia II - Contagem Regressiva", onde o tema principal é o fim dos tempos.
Ao encontrar a invasão do Iraque no Código da Bíblia, Drosnin começou a escrever o 3° livro queria ser lançado em novembro de 2005.


Algumas Matrizes Pesquisadas por Drosnin e Rips Desde 1990


Segundo Drosnin, o Código da Bíblia não é uma bola de cristal, mas de cada futuro revela probabilidades e detalhes que podem ser verificados e o que nós fazemos é o que determina o quede fato acontece. A matriz abaixo também encontrada por Drosnin prediz que "no holocausto atômico do fim dos dias o código salvará". Talvez por causa da divulgação mundial do Código da Bíblia os chefes de estado evitarão grandes destruições e aqueles dias serão abreviados
 


Esta outra mostra codificado em hebraico no livro de Daniel o ano judaico 5757 (1997 no nosso calendário), ano em que foi lançado o livro "O Código da Bíblia" e as frases "Para vocês o codificado; para vocês os segredos ocultos" e "Ele selou o livro até o fim dos tempos".


O ataque ao World Trade Center em 11 de Setembro de 2001




Ismael (patriarca dos árabes) [preto] - 11 de setembro, Ele a julgou [roxo] - A edificação era [verde]- torre(s) [azul] - gêmea(s) [vermelho] - (Êxodo 32.28) "...e caíram do povo naquele dia cerca detrês mil homens." (o número oficial divulgado um ano depois foi de 2801 mortos) [marrom]"Pecado, crime de Bin Laden", "A cidade e a Torre", "...viu que subia da terra fumaça como a deuma fornalha." Gênesis 19.28


"Torres", "Gêmeas", "Ataque", "Avião", "Duas vezes"


*Guerras e Holocaustos Atômicos

"Holocausto Atômico", "Primeiro-ministro (Ariel) Sharon", "Ele lhe deu meu Tratado de Paz" 



"Guerra Mundial", "Ariel (Sharon ou o 1° nome da cidade de Jerusalém)", "nono dia do mês de Avé o dia da terceira"


"Holocausto Atômico", "Japão", "ano hebraico 5705 ou 1945"




A história da Invasão do Iraque


Michael Drosnin havia se reunido 3 vezes com o chefe da agência de inteligência israelense, General Meir Dagan, que levou as advertências do Código da Bíblia tão a sério que pediu urgência para que o primeiro-ministro Ariel Sharon se reunisse com Drosnin. Tempos depois o Deputado Secretário de Defesa americano, Paul Wolfowitz tomou conhecimento do encontro através do General Meir Dagan. Wolfowitz pediu ao Dr. Linton Wells, diretor do nervo central do Pentágono,que convocasse Drosnin para uma reunião no Pentágono. 
 
Na manhã de domingo de 9/2/2003, época em que o presidente George W. Bush se preparava para declarar guerra ao Iraque pressionando a ONU para autorizar a invasão, Michael Drosnin recebeu um telefonema do Dr. Linton Wells, pedindo-o para preparar um sumário sobre o Código da Bíblia para ser apresentado em uma reunião com 10 líderes da inteligência do alto comando do exército americano entre outras autoridades às 9 horas da manhã de sexta-feira 21/2/2003.


A reunião foi numa sala de conferência do anel "E" do Pentágono onde Drosnin apresentou a história do Código da Bíblia dando um memorando a cada um deles dizendo: "Acredito que o código seja real por uma razão simples: continua se tornando realidade". Uma das autoridades presentes era o almirante Jake Jacoby, Diretor da Agência de Inteligência de Defesa.


Drosnin imprimiu algumas matrizes como a do ataque terrorista de 11 de setembro e uma matriz que formava um desenho do ônibus espacial Columbia onde um acidente matou os 7 tripulantes, 20dias antes, em 1/2/2003. No desenho da matriz no Código da Bíblia mostrava as palavras"Columbia, eles chorarão", "Transporte" (ônibus espacial), "fogo destruirá" onde a palavra"destruirá" está na asa esquerda, local onde de fato o fogo iniciara e "desastre".



Finalmente Drosnin lhes deu cópias da carta que enviara ao primeiro-ministro israelense Rabin um ano antes de ser assassinado advertindo-o que o Código da Bíblia havia predito o seu assassinato:"Yitzhak Rabin" cruzado com "Assassino que assassinará". Os líderes passaram a se interessar no código tanto quanto os líderes da inteligência israelense após a morte de Rabin.


Drosnin continuou dizendo: "A razão principal pela qual vim é que o código adverte que nós possamos enfrentar o último perigo: uma guerra mundial nuclear, começando no Oriente Médio,dentro de quatro anos". Ele mostrou-lhes que "guerra mundial", "Holocausto Atômico" e " Fim dos Dias" estavam codificados com o mesmo ano, 2006 numa probabilidade de pelo menos 100000 por1! 


Jacoby perguntou-lhe o que poderiam fazer, já que estava predito e Drosnin afirmou que "Um famoso matemático israelense (Rips) o qual descobriu o código disse que isto não pôde acontecer por casualidade, teve que ser codificado intencionalmente na Bíblia. Mas tenho certeza que o perigo possa ser prevenido. O Código da Bíblia revela probabilidades, cada futuro, e o que nós fazemos determina o que de fato acontece".


Wells lhe perguntou sobre o Iraque e Drosnin lhes apresentou tudo o que havia encontrado no código: "Diz que Saddam Hussein vai cair em 2003. Está codificado na forma de uma pergunta e resposta: 'Quem é destruído? Hussein'". Mostrou-lhes também que em uma versão mais detalhada do mesmo código diz "Saddam fugirá, e morrerá". Então Joint Chiefs, que chegara atrasado na reunião perguntou: "Então já está determinado?" e Drosnin lhe respondeu: "Não.O código da Bíblia não é uma bola de cristal. Revela probabilidades . Nada é fixo. Mas provê informação detalhada que possa ser conferida. Porém, não creio que o real perigo seja Saddam Hussein, mas Osama bin Laden".



Drosnin afirmou que de todas as informações que encontramos no Código da Bíblia uma coisa se apresenta mais útil: um local claramente apontado onde bin Laden, a sede da Al Qaeda e todos as suas armas mais perigosas poderiam ser encontrados. Ele deu essas informações, com o exato local no deserto, lhes garantindo que não iria publicá-las. Estavam codificados nas matrizes o nome da base terrorista, o local como "sede do exército em ...", as palavras "arma atômica", "holocausto atômico", "varíola", "Laden", "projétil" e os objetivos "Jerusalém", "Tel Aviv" e "Nova Iorque", sendo que o código mostra que esta última não é o principal alvo. Também estão codificados com a base as palavras "terrorismo" e "no fim dos dias".


Ao término da reunião Drosnin afirmou: "Posso lhes dizer onde observar, mas não quando. Nunca vi claramente qualquer coisa codificada com o local desta base terrorista de bin Laden, mas o código não declara um ano. Só posso sugerir que tentem agora, e outras vezes porque se tiverem sucesso irão parar o terrorismo na sua fonte".


 


Dias depois eles ajustaram as coordenadas dadas pelo Código da Bíblia no sistema de satélites espiões para vigiarem a área, porém, como Drosnin já havia comentado, não se sabe quando o local irá ser usado. No entanto, eles estavam mais preocupados com a invasão do Iraque e acabaram por esquecer o principal: a captura de Osama bin Laden.

No fim de Julho de 2003, antes do Presidente Bush ter deixado a Casa Branca para umas férias emsua fazenda em Crawford, Drosnin enviou uma nova carta através dos amigos de Bush no Texasalertando-o sobre os fatos codificados na Bíblia como o ano de 2006, "Holocausto Atômico" e"Guerra Mundial". Segundo ele, "11 de setembro não era o fim do perigo, mas o começo"


Saddam Hussein foi capturado no sábado à noite, 13/12/2003 em um esconderijo perto de Tikrit, Iraque, cumprindo mais uma predição do Código da Bíblia. Neste dia, após ter sido anunciada a captura de Saddam Hussein, o Professor Rips e Michael Drosnin acharam uma matriz com as palavras: "Cativeiro de Hussein", "Prisão", "Iraque" e o ano hebraico "5764". Também estavam codificados dois outros detalhes do evento: o turno - "à noite" e o fato que Hussein fora traído por alguém próximo - "informante".




Como diz o próprio Drosnin, o Código da Bíblia não deve ser visto como uma "bola de cristal" mas deve ser considerado como uma espécie de "último aviso" para a humanidade que a cada dia está mais materialista e menos espiritual.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. O SABER LER A SI:
    (ES.12.1)
    (AP.13.18) – AQUI ESTÁ A SABEDORIA: AQUELE QUE TEM ENTENDIMENTO CALCULE O NUMERO DA BESTA, POIS É NÚMERO DE HOMEM: ORA ESSE NÚMERO É SEISCENTOS E SESSENTA E SEIS: (AR.119.9)

    (ISRAEL é o nome do Homem que sabe LER A SI no Espírito Bíblico: Aqui o saber acaba com as cogitações infundadas que existiam acerca do número 666 do Apocalipse, pois o que está escondido nas 131 letras e 10 sinais que compõem o texto acima, é isto):

    ARNALDO RIBEIRO É ISRAEL: É O HOMEM QUE NASCEU NO CÉU, QUE AMA E SABE TESTAR AS ALMAS NO SEU NOME: E ELE ENTENDE QUE CRISTO TESTA DEUSES E DIABOS NESSE MESMO ESPÍRITO. (IL.131.7)



    O SÉTIMO DIA
    (DN.4.2) Pareceu-me bem fazer conhecidos os sinais e maravilhas que Deus, o Altíssimo, tem feito para comigo,; (EF.2.7) para mostrar nos séculos vindouros a suprema riqueza da sua graça em bondade para conosco em Cristo Jesus; (1CO.15.45) pois assim está escrito:

    (GN.2.3) – E ABENÇOOU DEUS O DIA SÉTIMO, E O SANTIFICOU; PORQUE NELE DESCANSOU DE TODA A OBRA QUE, COMO CRIADOR, FIZERA: (AR.85.6)

    E o que o Senhor quer dizer com as 85 letras e 6 sinais acima é isto:

    SOU O ESPÍRITO QUE DESCEU DO CÉU, CRIANDO A SUA FÉ; E FAÇO SANTO O QUE É BATIZADO COM NOME DE ARNALDO RIBEIRO: (IL.85.6)

    (Lc.12.50 – Tenho, porém, um batismo com o qual hei de ser batizado; e quanto me angustio até que o mesmo se realize; (IS.21.16) porque assim me disse o Senhor: (1RS.18.31) Israel será o teu nome, (LS..9.6) porque ainda que algum seja consumado entre os filhos dos homens, se estiver ausente dele a tua sabedoria, será reputado como nada.(LC.4.21) Hoje se cumpriu a escritura que acabais de ouvir: (LC.6.5) O Filho do Homem é Senhor do sábado:
    E agora José? Ou melhor, Chico?...

    ResponderExcluir

© Dállia Negra - 2016 | Template feito por: Adorável Design | Imagens de ícones e imagem do cabeçalho por: Jaque Design