11/07/2013

O Terceiro Segredo de Fátima e as Profecias de Malaquias e Monge Pádua sobre os Últimos Papas

o último papa e o fim de Roma

Não se sabe o conteúdo do terceiro segredo de Fátima, sabemos apenas os dois primeiros, que foram revelados. Sabemos também que o Papa Paulo VI em 1967 ao ler o terceiro segredo desmaiou e decidiu não revelá-lo, assim como os outros papas. Com a renúncia de BentoXVI, a primeira em 6 séculos, provavelmente alguns especularão que esse poderia ser o terceiro segredo, mas na minha opinião o terceiro segredo é um complemento do segundo:



O segundo segredo foi assim descrito:

"Quando virdes uma noite, alumiada por uma luz desconhecida (Apophis em 2029), sabei que é o grande sinal que Deus vos dá de que vai punir o mundo pelos seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre (nessa época será o ultimo, sucessor do Bento 16). Para a impedir virei pedir a consagração da Rússia a meu Imaculado Coração e a Comunhão Reparadora nos Primeiros Sábados. Se atenderem a meus pedidos, a Rússia se converterá e terão paz, se não, espalhará seus erros pelo mundo (confronto com a China, que motivará maiores perseguições ainda sobre os católicos por parte na aliança chinesa com a ala radical islâmica apos 2029), promovendo guerras e perseguições à Igreja, os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas, por fim o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á a Rússia, que se converterá, e será concedido ao mundo algum tempo de paz."

Ou seja, o terceiro segredo é a confirmação de que a Rússia entrará na guerra, ate mesmo para defender os seus cristãos, visto que pela constituição a Rússia é uma nação cristã. A visão sobre esse terceiro segredo que fez um papa desmaiar quando o viu é justamente o inicio de uma grande guerra que exterminará o território italiano e o Vaticano, colocando fim a Igreja católica do ocidente e fazendo com que a Rússia e o catolicismo oriental lutem pelo cristianismo contra a aliança de chineses e da ala radical islâmica. Em suma, o terceiro segredo fala do fim da Igreja, da destruição do Vaticano e, sobretudo da renovação do Cristianismo apos o fim da guerra.


Vale ressaltar que essa destruição de Roma e por conseqüência da Igreja, foi prevista por vários profetas, entre eles Dom Bosco, Malaquias e Monge Pádua que assim falaram sobre os tempos finais do pontificado do último papa da Igreja, o sucessor de Bento XVI:

“Na suprema desolação do mundo reinará Pedro Romano, último pontífice. Roma criminosa será destruída e o Juiz tremendo julgará, triunfante, todos os povos (Monge Pádua)

“Na perseguição final a sagrada Igreja Romana, reinará Pedro Romano, que alimentará o seu rebanho entre muitas turbulências, sendo que então a cidade das sete colinas (Roma) será destruída e o formidável juiz julgará o seu povo” (Malaquias)  

Tanto Monge Pádua (1527) como Malaquias (1094) foram formidáveis em profetizar sobre a vinda dos papas, sobretudo os últimos. Vejamos o que disse Monge Pádua:

“Seu reinado será tão rápido como a passagem de uma estrela cadente” (assim aconteceu no papado de João Paulo I que ficou poucos dias como papa)

“Virá de longe e manchará a pedra com o seu sangue” (assim aconteceu com JPII, veio da distante Polônia e sofreu um atentado, manchando com sangue a “pedra” que significa Igreja)

“Semeador de paz e esperança em um mundo que vive suas últimas esperanças” (em um mundo que vive a expectativa de guerras e apocalipses, como o último em 2012, Bento XVI buscou a união com judeus e com a Igreja Católica russa, dizendo inclusive que a crença sobre a espera da vinda do Messias (Parusia) é semelhante entre católicos e judeus)

Vejamos o que disse Malaquias:

“Da Meia Lua” (João Paulo I tornou-se papa exatamente quando a Lua estava pela metade e morreu no mês seguinte, durante um eclipse lunar)

“Do trabalho do Sol” (JPII nasceu no leste europeu, o Sol nasce exatamente no leste, viajou por todo o mundo, exatamente como os raios do Sol e não bastasse isso nasceu no dia de um eclipse solar)

“Da Glória da Oliveira” (Bento XVI nasceu e foi batizado durante a Páscoa, época que as Igrejas da Europa são decoradas com ramos de oliveira, não bastasse isso ele é da Ordem dos Beneditinos, conhecida como olivetana pois o seu símbolo é a oliveira)

Sobre o último papa ambos falam em um juízo pra humanidade (uma referência do Apocalipse ao dia do juízo, o ápice da Tribulação) com a queda de Roma e um juízo de toda a humanidade. Considerando os acertos de ambos e as previsões de Dom Bosco e Nostradamus sobre esses mesmos eventos e também os relatos contidos no Apocalipse, realmente estamos sendo testemunhas de mais uma importante página da história do nosso mundo sendo construída nesse momento bem diante dos nossos olhos.  




Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Dállia Negra - 2016 | Template feito por: Adorável Design | Imagens de ícones e imagem do cabeçalho por: Jaque Design